Os métodos de luta do karate estilo antigo (Ryuukyuu toude 琉球唐手), atualmente não conhecidos por muitos, mas ainda registrados nos kata, foram originalmente criados para serem usados em violência não consensual. Ou seja, karate não era para duelos, brigas de rua ou disputas esportivas, mas essencialmente para defesa pessoal.

A dinâmica da violência física em defesa pessoal geralmente é de curta distância (a menos que armas de longo alcance estejam envolvidas, mas isso é outra questão para outra discussão). O curso de ação típico será o seguinte:

  • Se a ameaça já estiver presente, mas o agressor ainda estiver à longa distância, você deve tentar reverter a animosidade, se possível (a fim de evitar violência física) e depois escapar;
  • Se você não conseguir reverter a animosidade para escapar, o agressor inevitavelmente se aproximará para atacá-lo (se ele não o fizer, você simplesmente escapa, lembra?). Então você terá que enfrentá-lo à curta distância, afinal;
  • Se o agressor mantiver-se à longa distância, mas você ainda não puder escapar, então você mesmo irá querer encurtar a distância, para neutralizar a ameaça (você não pode neutralizá-lo de longe, então precisa se aproximar). Mais uma vez a luta será à curta distância;
  • Se após o seu contra-ataque (ou mesmo após o seu ataque preventivo se for o caso) o agressor lhe der espaço e oportunidade, você finalmente pode escapar;
  • Se ainda não houver oportunidade de escapar (talvez porque o agressor tenha se defendido com sucesso), você mantém a pressão sobre ele até neutralizá-lo. Continue atacando e use as respostas defensivas do agressor contra ele próprio!

Quando luta à curta distância, você não só pode atacar adequadamente, mas também (se for devidamente treinado) pode obter um grande controle sobre os movimentos do agressor, e usar os movimentos dele a seu favor. E você somente para de atacar quando o agressor é neutralizado, de modo que você finalmente tem a oportunidade de escapar.

No vídeo abaixo, o fundador da Muidokan, Samir Berardo, explica e demonstra esses conceitos, por meio de uma sequência de aplicação de kata típica e devastadora. Foi gravado em um seminário Muidokan realizado em 2019 em Rondônia/Brasil. Variações dessa sequência estão presentes em um grande número de kata essenciais de karate. Você consegue adivinhar os movimentos do kata ou os nomes dos kata?

(Agradecimentos ao mestre brasileiro de jiu jitsu Aner Rosa, que participou da demonstração com o fundador do Muidokan, Samir Berardo.)

2 Thoughts to “Bunkai: fundamentos de defesa pessoal e vídeo com sequência devastadora de kata!”

  1. RhPP

    Muito bom, cara. Esse vídeo vale ouro! A forma como os kata lidam com a resistência do oponente é de uma inteligência inacreditável, muito mais sofisticado que os métodos modernos.

    1. Obrigado, Rheymisson!
      Eu também não deixo de maravilhar com a inteligência dos métodos antigos! Temos muito a aprender com eles!

Leave a Comment